11 agosto, 2010

AGOSTO E A DECISÃO!


Agosto a coisa comeca a apertar por aqui, pelo menos para quem tem uma casa flutuante. Os planos eram vários. Porém vai se chegando o dia que é preciso tomar uma decisão: DESCER AS ANTILHAS!


Depois de uma tentatica FRACASSADA em meados de julho, onde conseguimos chegar até St. Maarten somente, impedidos por algumas tempestades, chegamos a conclusão que vale a pena tentar outra vez!


Após nosso último charter da temporada, final de agosto/2010 - este com a gerência da cia que trabalhamos, nao perdemos nenhum minuto, pulamos p o BALEEIRO e começamos nossa segunda tentativa rumo a TRINIDAD & TOBAGO. Um longo caminho a trilhar, que demoraria de 4 a 5 dias direto, porém resolvemos fazer em 20 dias, aproveitando um pouco de cada lugar que parávamos, para curtir uns dias de férias, depois desta longa temporada agitada no Caribe.


30 julho, 2010

QUASE DE FÉRIAS


Sabemos que esta temporada ficamos em falta com todo mundo. Foi agitada, nossos charters com 24 horas de intervalo entre um e outro. Coitado do Baleeiro! Nao sobrou muito tempo p ele. Apesar de termos tido 10 dias em St Maarten que valeu pela temporada toda, pois conseguimos fazer o verniz interno, instalaçao da nova geladeira, blower na sala de máquinas, com bomba de porao manual nova, novo motor de arranque e novo alternador (os velhos foram condicionados e ficarão de reserva para qdo formos p o Pacifico Sul ano que vem).



Não sobrou muito tempo p blog, e mails e afins. Agora estamos retomando tudo outra vez, ainda que estamos em nosso ultimo charter da temporada. (com passageiros) Terminaremos no domingo e então, ficaremos até dia 13 de folga até começarmos outro charter mas desta vez com nossos gerentes. Dentro deste periodo de folga, estaremos recebendo alguns amigos vindo do Brasil, que alugaram um barco na Moorings e vamos nos encontrar p rir um pouco juntos.(Alessandra, Cristiano e um casal de amigos)


Depois disso sim, estaremos em férias.
Merecidas férias!!!

De qualquer forma, este post foi p dizer que estamos vivos, felizes e aos poucos voltando a ativa!

18 maio, 2010

BRASILEIROS EM ST MAARTEN


Estamos super ocupados com a maratona de charters desta temporada que já devia ter acabado mas continua a todo o vapor! Numa destas vezes, fomos fazer um charter de uma semana em St Maarten, aproveitamos para encontrar amigos brasileiros que estavam por lá.
Veleiro Planckton, Fábio, Cecília e o pequeno Igor- QUE É UMA FIGURA, DIGA-SE DE PASSAGEM...
Veleiro Santa Paz, Lucas, Sandrinha & meninas(Júlia e Clara), Veleiro Guizzy(Paulo) e Catamaran Luar (Ronny) .

Fizemos uma despedida antes de irmos p BVI outra vez, foi uma bagunça em Simpson Bay. Nos divertimos muito...
Obrigada AMIGOS, Vamos combinar de nos encontrar denovo em algum outro porto...
Fotos p vcs curtirem também...

10 abril, 2010

RESIDENTES DAS ILHAS VIRGENS BRITÂNICAS


Esta semana conseguimos nossa residência legalizada na Ilha!!! Foi um processo bem longo, aliás, uma procissão!

Departamentos, formulários, fotografias, carimbo, exames médicos, clinica, hospital, mais departamentos, formulários, cartas de referências, carimbo novamente, mais fotos, formulários que não acabam mais, labour p lá, labour p cá, imigração, labour outra vez, departamentos, social security, labour denovo e finalmente o carimbo no passaporte com o cartão do work permit seguido do social security! UFFFFAAAAAA!!!!!

Este documento emitido pelo governo das BVI é o equivalente ao conhecido "Green Card" nos Usa. A validade é de um ano, que pode ser renovado assim que vencer!

Desta forma, não precisamos mais sair e entrar nas Ilhas uma vez no mês, pois este é o prazo que a imigração te dá de permanência máxima na ilha. Ano passado e retrasado, ficávamos indo e vindo de St Thomas, p renovar o visto, agora estamos livres desta faina pesada!

Sem falar que como conseguimos a condição de freelancer, poderemos trabalhar quando quisermos e para quem quisermos. NÃO estamos vinculados somente a uma empresa. Isso não significa muito, pq no final só trabalhamos p Moorings mesmo, pq eles nos mantém bem ocupados o tempo todo, sem tempo p mais nada! A única diferença é que os contratados da empresa, ganham por mês o equivalente ao que nós ganhamos por semana como free lancer!

Nosso plano é ficar mais um ano por aqui, por isso a importância de estarmos legalizado, para nos concentrarmos no trabalho e conseguirmos juntar a grana suficiente p terminar nossa "infinita reforma" no BALEEIRO, equiparmos o barco e juntar um pouco mais p começarmos a cruzeirar rumo ao Pacífico Sul, para qdo chegarmos lá, em pelo menos 2 anos, começarmos a trabalhar com a Moorings outra vez.

Este documento, não é fácil de conseguir. Muitos vistos são negados sem nem mesmo uma explicação!

Estamos muitos felizes por termos passado por mais este etapa na nossa vida!

24 março, 2010

ALGUÉM TEM QUE TRABALHAR

As pessoas pensam só de imaginar que moramos no Caribe, que vivemos ancorados numa ilha deserta com 2 coqueiros, uma rede amarrada entre eles e tomamos drinks com guarda chuvinhas todos os dias. A coisa não é bem assim.
(Para falar a verdade , É QUASE...)
Desde que chegamos de Little Harbor, estamos trabalhando. Tivemos uma semana off, mas já estamos retornando outra vez para o trabalho, onde ficaremos 1 semana fora e depois teremos mais 3 semanas off, antes de começarmos a ralar direto até agosto sem parar.

Nestes dias off, iremos dar mais um upgrade no nosso filho BALEEIRO.

Prometemos relatar tudo aqui p vcs!

23 março, 2010

SEMANA ESPECIAL


Esta semana foi especial!

Estavámos em charter com guests americanos a bordo. No primeiro dia avistamos baleias JUBARTE, uma mamãe com um filhote, em frente ao The Baths, Virgen Gorda. Ficamos mais de 2 horas com eles, com o barco derivando, encantados com tamanha a beleza!Depois mergulhamos com Tubarões, em Eustatia Sound , Virgen Gorda.
No recife onde estão os canhões afundados. Um tubarão lindo, descansando entre corais cerebro. Tiramos muitas fotos e nadamos com ele até perder de vista!
Depois foi a vez de mergulhar com os golfinhos, em frente a Great Dogs.

As vezes me pergunto se merecemos tudo isso... é muito bom se sentir assim....
O melhor é se sentir parte desta natureza que estamos totalmente integrados.

NÃO QUERO OUTRA VIDA NUNCA MAIS!!!

02 março, 2010

LITTLE HARBOUR – PETER ISLAND / BVI

Depois do susto da semana passada, viemos nos recuperar em ALTO ESTILO! Tiramos alguns dias para ficar de BOBEIRA, antes de começar nossa agenda de charter outra vez, já que segunda feira é feriado por aqui e nada acontece!
É claro que a manutenção do BALEEIRO e a tal REFORMA não acaba nunca, mas estamos aos poucos fazendo tudo direitinho, sem pressa, para não ficarmos na pressão e as coisas deixarem de ser prazerosas.Aqui em Little Harbour, vc ancora de popa para o recife de coral. E amarra um cabo de popa, nas pedras para o barco não rodar. Aqui tem uns 3 metros de profundidade. A visibilidade de pelo menos uns 20 metros.




O lugar é tão lindo, mas tão lindo, que dá p encher os olhos de lágrimas...
O Galdo fez um remo de presente p mim, coisa mais fofa do mundo!



Tem o nome do BALEEIRO, com o símbolo da minha tatuagem que tenho no dedo que significa LUZ, SAUDE E ENERGIA e assinou Tinho e Tinha. Vamos pendurar na cabine de proa!!! Ele gosta destas coisas! Herdou isso da mãe, Dona Suzana, que também era artista. Ele faz coisas lindas, com conchas, sea glass, pedaços de drift wood, pedrinhas e pedaços de corais. Este remo a gente achou no lixo há muito tempo atrás e guardamos para um dia que tivéssemos tempo, fazer algo legal! Na verdade ele vai para o nosso restaurante, (O MAR) qdo a gente se mudar p terra, mas antes disso ele tem longos anos por aqui, no mar!
Fizemos uns mergulhos aqui embaixo do barco, muito alucinantes. Pela primeira vez na minha vida eu vi pessoalmente uma “FLAMINGO TONGUE” de verdade e viva. Fiquei hipnotizada, é uma concha linda demais! Fiquei tão encantada, que fui procurar onde estava a minha concha que achei temporada passada em Necker Island: o Galdo fez um furinho no meio e vou pendurar no meu cordão do pescoço. Esta concha é branca, mas o animal tem uma manta colorida, preto e amarelo, qdo ele morre, a concha torna-se totalmente branca e o manto morre junto com o animal.

Eles moram nos “SEA FANS” corais moles. Se alimentam do bichinho dos corais, mas o próprio coral por sua vez não morre e sim se regenera após isso.
Se vc ver os SEA FANS por aí, pode procurar que vai achar o FLAMINGO TONGUE. Estes corais tem azuis, lilás, verdes, amarelos e até rosa.
Aliás, estes mergulhos deste fim de semana deram um show de fotos subaquáticas... Vamos colocar nossa câmera sub para funcionar, pois lugares como estes, não podemos perder a oportunidade de filmar.
Como não planejamos ficar muito tempo longe da costa, já está na hora de voltar p civilização e fazermos umas compras, apesar de um barquinho chamado DELIVERANCE, passar todos os dias aqui, oferecendo gelo, frutas etc.
Fico imaginando qdo formos p o PACIFICO, como será o PROVISIONING que teremos que fazer para tanto tempo no mar, e naquelas ilhas que não se tem absolutamente nada p comprar. Acho que vai ser ótimo para eu crescer AINDA MAIS espiritualmente!!! E praticar mais e mais o “tal DESAPEGO”!
Ainda bem que AMOOO peixe e sushi todo dia é a melhor coisa que pode acontecer por aqui...
Fomos dar uma caminhada na baía para ver a vista lá em cima. Foi ótimo, encontramos algumas cobras, gaviões, bodes, lagartos e ruínas de casas abandonadas. Hoje é nossa última noite aqui, depois disso iremos p St Thomas (Ilhas Virgens AMERICANAS) , para fazer umas comprinhas e preencher nossa papelada do work permit.
Esperamos que vcs gostem das fotos... NÓS ADORAMOS....

01 março, 2010

SERÁ QUE EXISTE ALGUM LUGAR SEM CRIME NESTE PLANETA?

Ficamos muito tristes pelo acontecido na última quinta feira (25/02/2010). Estávamos amarrados no dock da Nanny Cay Marina, exatamente às 3 horas da manhã, dormindo na cabine de popa, numa noite sem vento de muito calor onde todas nossas gaiútas laterais do quarto estavam abertas, fui me virar para o lado e vi a luz de uma lanterna dentro do salão do barco. Chamei o Galdo e ele pensou que estivesse maluca. Então ele viu que eu fiquei completamente sem voz de nervosa e resolveu olhar pela gaiúta que dá no salão, qdo viu um homem de boné todo vestido de preto, com nossa lanterna de cabeça revirando nosso salão do barco. Ficamos pasmos, desconsertados na hora, sem acreditar muito no que estávamos vendo, o Galdo meio dormindo ainda e PELADO, começou a gritar em português, “ASSALTO, ROUBO, SOCORRO”, correndo pelo trapiche da marina totalmente deserta aquelas horas da noite, porém cheio de cruzeiristas ancorados como a gente.
Qdo ele ouviu eu gritar “HELP”, que se deu conta que estava pelado gritando em português então começou a gritar em inglês, voltou para o barco e colocou a roupa e saiu novamente atrás do moço. Qdo chegou na guarita da marina, os seguranças estavam sabendo que algo tinha de errado pois tinham acabado de ver 2 caras saírem da marina suspeitos, sendo que um deles(o que entrou no nosso barco) de nome “Buckie”, morava em Sea Cow`s Bay cujo conhecia. Detalhe: este cara tinha saído há 2 semanas da prisão.
Chamamos a policia, depois de uma hora ela apareceu. Não quisemos dar nenhum report, a ultima coisa que queremos fazer é nos envolver com estas coisas aqui na Ilha onde escolhemos para passar pelo menos o próximo ano da nossa vida. Estamos preocupados com a nossa casa e tudo mais. Mas demos um depoimento informal para policia que foi suficiente para eles pegarem os caras um pouco mais na frente.
Fiquei a noite em claro, sem dormir. Só remoendo a cena.
Uma sensação terrível!!!
Meus anjos da guarda me acordaram, do nada, aquela hora só p me alertar. Apesar de eu ter ficado mais de uma hora sem conseguir falar, sem voz, do susto, não roubaram nada, somente U$ 40,00 que estavam em cima da mesa e a lanterna de cabeça.
Nós achamos que eles vieram para roubar nossas bicicletas, que estão novinhas e chama a atenção.
Como elas estavam amarradas com cadeado uma na outra é impossível de levar, o cara resolveu arriscar e entrar no barco a procura da chave.
Se eu não estivesse acordado, talvez as bicicletas e sei lá mais o que, teriam ido embora com eles...
O Galdo tem um sono super pesado, mas meu sono é muito leve, depois de um tempo no mar, vc sabe todos os barulhos que tem seu barco, ou estando na poita ou na ancora ou amarrado em uma marina. Para dormir, fico escutando as cracas se mexerem no costado, faz um barulhinho gostoso p dormir. Dá p se ouvir perfeitamente qdo não tem vento. Qdo tem muito vento, ficamos ligados se o barco não vai arrastar. Por diversas vezes já salvamos o Baleeiro. Mas desta vez, não sei dizer se ouvi algo. Eu sei dizer que vi uma luz de dentro do barco suspeita e me desesperei. Com muita sorte o cara não estava armado.
Por dois dias não consegui dormir. Agora estamos ancorados em Little Harbor - Peter Island, um lugar lindo e paradisíaco, longe da cidade, para nos recuperar deste susto!
Será que existe algum lugar sem CRIME neste planeta?
Se existir, é para lá que eu quero ir, antes que seja tarde demais!

13 fevereiro, 2010

CARNAVAL DOS BRAZUCAS NAS ILHAS VIRGENS BRITÂNICAS


Sábado de carnaval no Brasil, e nós, nas Ilhas Virgens Britânicas, reunimos os brasucas que estão há anos por aqui, para pular carnaval em Brewer`s Bay, North Side de Tortola.

Foi uma tarde incrível, com muita diversão!!!

Pode conferir!!!




CARNAVAL DOS BRAZUCAS NAS ILHAS VIRGENS BRITÂNICAS from Andy Passos on Vimeo.

10 fevereiro, 2010

QUE VERGONHA!


Se um carro mal regulado queima óleo e polui a nossa atmosfera, imagine um navio com motores do tamanho de um caminhão?
Olha o que testemunhamos esta semana em Road Town – Tortola.
Ao lado estava um navio de passageiros com turistas desembarcando em plena atividade na capital das Ilhas Virgens Britânicas.
Uma vergonha!!!

VAIDADE NO REINO ANIMAL


Quem disse que no reino animal não existe vaidade?
Olhe o que clicamos em Brewer`s Bay – Tortola (BVI):

Uma passarinha retocando a maquiagem.
NÃO É UMA FOFURA?

03 fevereiro, 2010

B V I - BRITISH VIRGIN ISLAND

A travessia até British Virgin Island foi super tranqüila: vento nenhum. Viemos motorando e chegamos rapidinho!
Durante a travessia, encontramos um objeto nao identificado azul, achamos que era um caiaque perdido e ficamos animados em chegar perto e ver o que era. Mudamos nosso rumo por alguns instantes e qdo chegamos perto, era um pedaço de lona azul, que devia ter se perdido há poucas horas, pois nem craca tinha. Embaixo dela, o nosso incrível amigo PEIXE FOLHA. (assim apelidamos)

Nunca vimos um tão grande!
Ele nada de lado, paralelo ao fundo e bem juntinho a superfície. Já vimos alguns perto de manguezais. Se alguém conhecer o nome científico favor nos contactar, pois já procuramos por tudo!



O dia foi lindo e o por do sol maravilhoso!
A noite, no céu AVERMELHADO uma mensagem, como dizem por aqui:




"RED SKY IN THE MORNING: SAILOR`S WARNING, RED SKY IN THE NIGHT: SAILOR`S DELIGHT!!!”
Estamos em Tortola, encontramos nossos amigos brasileiros que vivem por aqui, Ronny do Catamaran Luar veio nos visitar e estamos aos poucos deixando o BALEEIRO do jeito que a gente planejou!!!

UPDATE: NOME DO PEIXE FOLHA: TRIPLETAIL


BYE BYE ST MAARTEN!

Depois de 1 mês,estamos indo embora de St Maarten. A vida por aqui é muito agitada, o lugar não é o mais bonito, tem UM POUCO de violência e não aguentamos mais de saudades da nossa vidinha pacata nas Ilhas Virgens Britânicas. Trabalhar com a equipe daqui foi muito legal, Oyster Pond é muito lindo!!



Os charters foram 100% legais, deu tudo certo , nos divertimos bastante. O ponto alto mais alto foi mergulhar com GOLFINHOS SELVAGENS (OUTRA VEZ) EM ANGUILLA & conhecer St Barths do jeito que não conhecíamos antes! Valeu muito a pena!


Estamos preparando o BALEEIRO para velejar amanhã p BVI. u-hu!
Amanhã é aniver do CULPADO POR EU GOSTAR TANTO DE ÁGUA: MEU PÁ!
Como estaremos no mar, fica aqui registrado o meu

OBRIGADA por TU EXISTIR NA MINHA VIDA!


PARABÉNS PÁ!!!




video


GOLFINHOS EM ANGUILLA!

16 janeiro, 2010

INFERNO NO PARAÍSO

O vulcão Soufriere Hills cobre a metade sul de Montserrat,(território britânico) uma pequena ilha no arquipélogo das Indias do Oeste.
Até 1995, o vulcão , nunca havia perturbado a ensolarada tranqüilidade da Ilha de Montserrat, no Caribe. Aí, passou a espirrar fumaça e a juntar lava nos subterrâneos até explodir , arrasando o pequeno éden caribenho.
Em seus ataques, o perigo rápido e mortífero tomou a forma de uma ventania terrível, jorrando da cratera entre 60 e 200 quilômetros por hora. Aí, não houve como evitar o risco, pois as cinzas, poeira e gases, a mais de 500 graus Celsius, espalham-se em direções imprevisíveis, com impulso bastante para derrubar paredes de 1 metro de espessura. Pior: ao grudar e solidificar sobre a pele, transformam cidadãos em múmias instantâneas. Foi esse tufão vulcânico que expulsou os 15 000 habitantes desse paraíso tropical que é Montserrat, tiveram que largar tudo e fugir.
O Soufrière pertence a uma categoria de vulcões que não derrama grandes volumes de lava. Ele é do tipo que ejeta colunas pesadas de cinzas, poeira, vapor e gases de enxofre. Em novembro de 1996, deu a primeira demonstração de seu estilo, com um espetáculo de detonações que durou 46 minutos sem interrupção. Em junho de 1997, passou também a produzir bombas, que são fragmentos de rocha aquecidos a 800 graus Celsius e arremessados a 6 quilômetros de altura. Velocidade: 500 quilômetros por hora.
Mas o Soufrière também criou seus rios de pedra derretida. O maior deles chegou a ter 500 metros de largura. Em alguns lugares, a torrente cavou buracos de 25 metros de profundidade e, em outros, acumulou-se e endureceu na forma de blocos de até 15 metros de altura. De maneira geral, porém, a lava comportou-se bem: correu direto para o mar. Não foi preciso direcioná-la com trincheiras e barricadas.
Segundo os especialistas, a lava do Soufrière contém pouco silício e deveria correr bem liquefeita. Mas em Montserrat as rochas não estavam totalmente fundidas: uma parte da torrente havia sido apenas amolecida pelo calor. Como resultado, a lava ganhou um aspecto espesso, rolando lentamente encostas abaixo e solidificando-se relativamente rápido. Em resumo, o que as rochas das profundezas fizeram foi uma cirurgia plástica na ilha, recriando toda a geografia de Monserrat.
Eventualmente, fluxos pirocásticos, avalanches de cinza quente, pedra-pomes, gás e pedras atingem a capital da ilha, Plymouth, que sofre enormes prejuízos.
É incrível como aqui em St Maarten, estamos percebendo todos os dias as cinzas do vulcão, que vem com o vento e sujam os barcos branquinhos todos os dias, como se fossem areia suja vinda do deserto.
Desde que entrou em erupção em 1995, este vulcão tornou-se um dos vulcões mais monitorizados do mundo.

06 janeiro, 2010

FELIZ ANO NOVO!!!

Andy & Galdo junto com o ESCOTILHAS, deseja a todos vcs um ano repleto de novas realizações, aventuras, paz e muito amor!
Queremos agradecer o carinho de todos vcs, todos os e mails que recebemos e temos o prazer de responder um a um, pois sabemos que em cada um deles existe um sonho, como um dia nós tivemos também...

Bons ventos pra todos nós em 2010 e que tenhamos muitas estrelas a barlavento...

31 dezembro, 2009

ST MARTEEN - ST BARTH - ANGUILLA

Ancoramos o Baleeiro no Simpson Bay Lagoon e fomos trabalhar.
Passamos o Natal e Reveillow embarcados com uma família americana de Chicago.
Neste final de ano o melhor de tudo foi ST BARTH.

Mega iates para todos os lados, mais de 60 barcos com mais de 200 pés, numa mesma ancoragem, em plena ativa, com donos a bordo e convidados. Congestionamento de bote de megaiate no canal em GUSTAVIA - ST BARTH. Mariah Carey, Dono da Victoria Secret, jet set mundial, modelos desfilando pelo pier. Só gente esnobe! Produzidas dos pés a cabeça, todo mundo pousando para ver quem ficava mais bem na foto. Um querendo aparecer mais que o outro. Alguns iates os barcos de apoio sao veleiros de 60 pés ou lanchas de pesca, uma duzia de jet skys tudo isso saindo das garagens que se abrem nos costados e na popa de monstros de até 300 pés.

Alguns deles para diversão apenas de uma família. Nunca vi coisa igual. Helicópteros pousando em megaiates....muito dinheiro rolando. Uma coisa fora do comum...
A Ilha em si é bonita, só tem 3 ancoragens. A pequena cidade de GUSTAVIA é uma graça! O sweel estava tào alto que qdo chegava no pier subia a calçada. Muita gente iando pegar onda!

Anguilla foi bem legal, uma ilha mais preservada , mais virgem e muito mais linda que St Maarten. Mas muito caro a permanecia lá. Pagamos por um dia, mais de U$ 200,00.
Terminamos este charter dia 1 de jan e a partir do dia 15 de janeiro, estaremos com nossa agenda cheia, para o este ano.